2 de fevereiro - Solenidade da Aliança de Santa Maria
O “corpo” que somos

"O corpo, a coluna
Que sustenta a pedra
Angular do dia
 
O corpo surgindo
Do breve cinzel da alegria"

Daniel Faria

 

Solenidade, é a forma como na Aliança de Santa Maria, se celebra a Festa da Apresentação do Senhor, Titular da Congregação. 

Solenidade, diria, que é a forma como nos "arde o coração" ao vermos aproximar-se o dia 2 de fevereiro de cada ano. É a forma como a Luz trespassa o coração e a vida, mostrando-nos que o sentido último de todas as coisas está nas mãos de Deus!  

Sim, assim é e sempre será: o Senhor foi o protagonista de um dia 2 de fevereiro, em que durante a celebração eucarística, fez perceber que desejava algo mais, que desejava um "corpo", suscitado e conduzido pelo seu Espírito, para o serviço do Reino. Esse corpo concretizar-se-ia, mais tarde, na Aliança de Santa Maria.

A solenidade de cada 2 de fevereiro, impele-nos a mergulhar num silêncio agradecido, numa alegria indizível e numa prece humilde à Senhora da Luz, para que saibamos guardar o dom de Deus. Para que saibamos que o "corpo" que somos – uma pequena parte do Corpo Místico de Cristo – tem a sua única razão de existir na fidelidade ao Carisma que nos foi dado na sua Igreja. Assim, e só assim, "o corpo, a coluna" sustentará "a pedra Angular" em cada dia, na naturalidade da Vida verdadeira, cinzelada pela "alegria" de nos sabermos apenas instrumentos de um Amor Maior, que Se dá gratuitamente à Humanidade!

 

Ir. Natália Rocha, asm