Profissões Religiosas - Set 2018
É Ele quem te coroa de misericórdia e de ternura

                          

Foi com um enorme espírito de júbilo e de ação de graças, que no passado dia
8 de setembro, a Aliança de Santa Maria voltou a celebrar a consagração de quatro
jovens irmãs, através da profissão dos conselhos evangélicos - castidade, pobreza
e obediência – e do voto de unidade, específico da congregação. Numa celebração
presidida pelo cardeal D. António Marto, as irmãs Sílvia Rocha, Verónica Sousa e
Margarida Santos professaram os seus votos por três anos, enquanto que a irmã
Ângela Oliveira os professou de forma perpétua.

  

 

Se pela profissão temporária das irmãs Sílvia, Verónica e Margarida, o desejo 
de entrega a Deus que nelas habitava, tomou a forma de um compromisso público, 
assumido diante de toda a Igreja, no caso da profissão da irmã Ângela, o ato de 
consagração é assumido até à hora da morte, de forma perpétua e irrevogável. Assim, 
foi com particular emoção, que toda a assembleia ouviu a irmã Ângela pedir a graça da
"perseverança até à morte", invocou para ela a proteção de todos os santos durante o 
seu ato de prostração e a viu selar de forma definitiva a sua aliança com Cristo, seu 
único Esposo, por meio dos votos professados.

 

 

 

O versículo do Salmo escolhido para embelezar os convites para esta celebração -
"é Ele quem te coroa de misericórdia e de ternura" (Sl 103, 4) - descreve de forma
bela aquilo que de mais profundo se celebrou na Basílica de Nossa Senhora do
Rosário, em Fátima. Professar os conselhos evangélicos, com tudo o que significa
de configuração à vida de Jesus, nada mais representa do que dar o primeiro
lugar Àquele que nos amou primeiro, Àquele que tudo nos dá e em tudo
nos "coroa de misericórdia e de ternura". 

Ir. Liliana Reis asm

 

            

Ir. Sílvia, Ir. Verónica Sousa, Ir. Ângela Oliveira e Ir. Margarida                          

 

Ver fotos:
Álbum Profissões Religiosas 8.9.2018