II Domingo da Quaresma

Neste Domingo contemplamos a Transfiguração de Jesus.
A Quaresma é tempo de propósitos, de despojamento e de abandono do desnecessário.
Tempo de enfrentar as "mortes" necessárias para que a luz da VIDA do “homem novo”
possa resplandecer em nós. No Tabor, a luminosa Transfiguração de Jesus surge para os
discípulos como revelação antecipada da vitória de Jesus e da sua glória, garantia da
PRESENÇA DE DEUS preparando-os para os momentos duros da purificação da cruz.  

Em Fátima, a "Senhora mais brilhante do que o sol" surge como sinal da presença de
Deus na história. O seu Coração Imaculado é esplendente promessa do triunfo da
Ressurreição de Jesus sobre o "homem velho".

Nesta Quaresma, confiemos todos os nossos propósitos e renúncias ao Coração Imaculado
de Maria. Nele, o nosso coração permanecerá firme e confiante até que brilhe em nós o
rosto de seu filho Jesus. 

Isabel Santos, asm