RETIRO | Luzeiros de Santa Maria

"Quero que aprendam a ler." (Aparição a 13 de junho de 1917). Este foi o mote para o retiro anual dos Luzeiros de Santa Maria que se realizou nos dias 29, 30 de setembro e 1 de outubro, no Seminário do Verbo Divino, em Guimarães. Este ano contamos com a presença de cerca de 40 pessoas.
 
Neste retiro, marcado pela graça própria deste ano de centenário das Aparições, experimentamos quanto "o amor à Virgem une-nos mais afetivamente a Jesus e abre sempre caminhos novos de generosidade e fidelidade, de esforço e esperança na vida espiritual e na vida social das relações humanas, dos ideais e dos projetos de vida."(D. António Marto, Carta Pastoral no Centenário das Aparições). Por isso, as primeiras palavras na abertura deste encontro, tiradas da ousada expressão de S. Bernardo "ó roubadora dos corações!", exprimem sobretudo este desejo de deixarmos moldar o coração ao jeito da Virgem Maria.
Partimos de vários cânticos da Sagrada Escritura, desde os profetas, passando pelo de Nossa Senhora e fomos convidados a fazer o nosso próprio cântico. Envolvidos pela Sagrada Escritura, sentimo-nos parte desta história de salvação, toda ela tecida por cânticos, que retratam momentos de angústia e dificuldade e ao mesmo tempo as maravilhas que Deus sempre realiza naqueles que n'Ele confiam.
 
 A figura central que nos foi acompanhando, foi a de uma MESTRA, que nos diz:
"FAZEI TUDO O QUE ELE VOS DISSER."
Nesta escola de Maria, percorremos os acontecimentos da vida de Jesus e cada um foi convidado a acolher a Palavra como um dom de Deus a ser vivido e partilhado no quotidiano da vida. 
 
O retiro teve o seu momento alto no encontro pessoal com Jesus, na Adoração Eucarística, e concluiu com o apelo-oração:
 "Confiai-vos a esta Mãe e Ela levar-vos-á ao colo, até Jesus.
(…) Se nalgum momento vos parecer impossível levar a cruz do sofrimento, confiai-vos a Ela, Ela vos levará ao colo!" (Padre António Magalhães)
 
Enquanto momento de oração e reflexão, o retiro foi oportunidade de "aprender a ler" os acontecimentos da vida à Luz de Deus e recobrar forças para permanecermos no caminho dos amigos de Deus.
 
Teresa de Lurdes, asm
 
 
 24248594168_4203673304_o